Notícias

Grid List

Na atualização diária da situação epidemiológica no concelho, o Município de São Brás de Alportel lamenta registar o segundo óbito por COVID 19. Trata-se de um idoso que há mais de dois meses se encontrava hospitalizado no Hospital Distrital de Faro, devido a outras patologias. Neste momento de pesar, o Município endereça sinceras condolências à família e amigos.

Atualização de informação relativa a situação de COVID 19 detetada em educador da creche “Sítio do Bebé”

A respeito desta dituação, o Município informa não ter dados novos, pois não se registaram quaisquer novos casos positivos relacionados com o caso positivo detetado em educador da Creche. Toda a sua rede de contactos, bem como todas as crianças e auxiliares da turma encontram-se em vigilância, sob acompanhamento da Autoridade de Saúde Local, em colaboração com a direção da instituição e a Câmara Municipal, sob a orientação da delegada de Saúde.

Atualização de informação relativa a situação de COVID 19 detetada em escola do 1.º ciclo

A respeito desta situação, o Município informa não ter dados novos. Como já referido, em virtude de ter testado positivo um jovem, irmão de um dos alunos positivos da Escola de 1.º ciclo, encontra-se em isolamento toda a sua turma da Escola Básica Poeta Bernardo de Passos e toda a sua rede de contactos, sob vigilância da autoridade local de Saúde. Todos os restantes alunos da turma da escola de 1.º ciclo, bem como demais contactos diretos dos casos positivos encontram-se bem, devidamente acompanhados pela Autoridade de Saúde Local, em colaboração com a direção do agrupamento e a Câmara Municipal, sob a orientação da delegada de Saúde.

Atualização de informação relativa ao surto no Lar de Terceira Idade da Santa Casa da Misericórdia

O Município lamenta informar que no âmbito da monitorização que está a ser realizada, testaram positivo mais 6 utentes do Lar de Terceira Idade, os quais se encontram bem e em devido isolamento. 

Os restantes utentes e funcionários que haviam testado positivo, bem como todos os demais utentes e funcionários continuam a ser acompanhados pela Autoridade de Saúde Local.

O Município deseja rápidas melhoras a todos, reafirmando o seu empenho e disponibilidade e todos os meios ao seu alcance, para continuarmos a defender a saúde de todos.

Recordamos que é fundamental neste difícil tempo de pandemia em que vivemos reforçar o nosso sentido de responsabilidade, união e solidariedade.

GI da CM SBASituacaoCovidSBA24Out

A Organização Internacional para as Migrações (OIM), através do UKNSF – Fundo de Apoio a Cidadão Britânico, realiza, no dia 04 de novembro, pelas 11h00, em Tavira, uma sessão informativa dirigida a nacionais do Reino Unido e seus familiares sobre direitos e procedimentos de residência em Portugal.

Do programa consta o seguinte:
11h00: Abertura e boas-vindas
11h05: UKNSF – Fundo de Apoio a Cidadãos Britânicos – Apresentação do projeto
11h15: Informação geral sobre direitos de residência em Portugal
11h25: Perguntas e respostas
11h45: Encerramento

Esta ação advém do projeto, desenvolvido pela OIM, para apoiar os cidadãos britânicos a finalizar os seus pedidos de residência, em Portugal, no momento em que o Reino Unido sai da União Europeia. O projeto conta com a colaboração da Embaixada Britânica e a parceria do Alto Comissariado para as Migrações (ACM).

Os interessados deverão efetuar a sua pré-inscrição, até dia 30 de outubro, através do formulário: https://bit.ly/2Ih1fdV

+ info:
+351 913 590 456
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
https://unitedkingdom.iom.int/uknsf-portugal
https://www.facebook.com/oimportugal

Mun de TaviraCidadaoBritanicoTavira

Atualização de informação relativa a situação de COVID 19 detetada em educador da creche “Sítio do Bebé”

O Município de São Brás de Alportel informa não ter dados novos, pois não se registaram quaisquer casos positivos relacionados com o caso positivo detetado em educador da Creche. Toda a sua rede de contactos, bem como todas as crianças e auxiliares da turma encontram-se em vigilância, sob acompanhamento da Autoridade de Saúde Local, em colaboração com a direção da instituição e a Câmara Municipal, sob a orientação da delegada de Saúde.

Atualização de informação relativa a situação de COVID 19 detetada em escola do 1.º ciclo

O Município lamenta informar que, em virtude de ter testado positivo um jovem pertencente à rede de contatos próximos de um dos alunos positivos da Escola de 1.º ciclo, encontra-se em isolamento toda a sua turma, pertencente à Escola Básica Poeta Bernardo de Passos e toda a sua rede de contactos, sob vigilância da autoridade local de Saúde.

Todos os restantes alunos da turma da escola de 1.º ciclo, bem como demais contactos diretos dos casos positivos encontram-se bem, em vigilância e devidamente acompanhados pela Autoridade de Saúde Local, em colaboração com a direção do agrupamento e a Câmara Municipal, sob a orientação da delegada de Saúde.

Atualização de informação relativa ao surto no Lar de Terceira Idade da Santa Casa da Misericórdia

O Município informa que não se registaram até ao momento mais casos positivos relativamente ao surto ocorrido no Lar. Os cinco utentes e os dois funcionários que haviam testado positivo, bem como todos os demais utentes e funcionários continuam a ser monitorizada pela Autoridade de Saúde Local.

O Município deseja uma vez mais rápidas melhoras aos são-brasenses que testaram positivo, reafirmando a sua total disponibilidade para continuarmos a defender a saúde de todos.

Recordamos que é fundamental neste difícil tempo de pandemia em que vivemos reforçar o nosso sentido de responsabilidade, união e solidariedade.

GI da CM SBASituacaoCovidSBA23Out

O Município de Monchique promove a Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica através da divulgação das medidas adotadas pelo estado português no combate à violência em contexto de Covid-19.

Desde o iníco do Estado de Emergência, que o estado português adotou um conjunto de medidas a fim de garantir a segurança e o apoio às vítimas de violência doméstica, face ao risco acrescido de violência, nomeadamente:

-  Uma campanha de sensibilização e informação denominada “Segurança no Isolamento”, com informação (em 8 idiomas para além do português) sobre apoios e recursos existentes e orientações de segurança;

-  Reforço e diversificação dos canais de comunicação disponíveis para as vítimas solicitarem ajuda (nomeadamente o serviço de mensagens de texto gratuitas e confidenciais):

Serviço de Informação a Vítimas de Violência Doméstica – 800 202 148 

Email violêEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

Linha SMS 3060

  • Funcionamento e reforço das estruturas e serviços de apoio às vítimas (designadamente, foram disponibilizadas 85 vagas adicionais em respostas de acolhimento de emergência).

Ao utilizar o link que se segue, pode encontrar todo o material de divulgação e informação: 

https://www.cig.gov.pt/portal-violencia-domestica/covid-19-seguranca-isolamento/

Mun MonchiqueSegurancaIsolamento

O Primeiro-Ministro António Costa esteve ontem na cidade de Loulé para participar num importante ato público para a implementação da nova geração de políticas para a habitação neste concelho algarvio: a celebração de um acordo com o IHRU (Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana) para a criação de 320 fogos, ao abrigo do Programa “1ºDireito”. 

Acompanhado pelo Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, o líder governamental marcou presença no Cineteatro Louletano para testemunhar um momento importante para aquele que é o desígnio nacional de “celebrarmos os 50 anos do 25 de Abril, em 2024, tendo assegurado às 26 mil famílias que ainda não têm habitação condigna, essa habitação”. Até porque, como frisou António Costa, Loulé é o sétimo município português a firmar este protocolo.

A par de pretender assegurar uma habitação para a população mais carenciada, o objetivo deste programa passa também por criar “condições de acesso à habitação em arrendamento acessível à classe média, em particular às novas gerações”. Estão assim mobilizados para o “1º Direito” 1251 milhões de euros.

“Numa terra de tradições ciclísticas, esta é mesmo uma prova de contrarrelógio. Temos 3 anos para a assunção de compromissos e mais 3 anos para poder executar. Até ao final 2023 temos que ter todos os compromissos assumidos e, até final de 2026, todas as verbas devidamente executadas”, explicou o Primeiro-Ministro para quem a celebração deste protocolo “é um bom sinal”.

Loulé está assim no pelotão da frente no que respeita a esta segunda geração de políticas de habitação, pois, através da Estratégia Local de Habitação de Loulé, aprovada em maio de 2019, a Câmara Municipal pretende dar apoio a 1400 agregados familiares no acesso à habitação, dentro de uma década (2020/30).

Relativamente ao acordo de colaboração com o IHRU, estão previstas diferentes soluções habitacionais como a construção de prédios ou empreendimentos habitacionais; a reabilitação e/ou aquisição de frações ou prédios habitacionais; e ainda a aquisição de terrenos e construção de um empreendimento em regime de habitação a custos controlados.

Este acordo prevê a resolução dos problemas habitacionais de cerca de 320 agregados familiares em todo o concelho, nos próximos 6 anos.

O investimento total rondará os 44 milhões de euros, com uma comparticipação não reembolsável do IHRU de 15 milhões de euros. 

Neste quadro financeiro encontram-se ainda previstos 100 agregados familiares, enquanto beneficiários diretos, que poderão contar também com o apoio do IHRU, por exemplo, caso sejam proprietários de um prédio degradado.

Mas como adiantou Vítor Aleixo, a par deste programa de apoio público desenvolvido pelo Governo, a Autarquia tem em curso outros projetos para resolver os problemas habitacionais do concelho, seja através do arrendamento apoiado ou do arrendamento acessível.

Para levar por diante estes projetos, a Autarquia promoveu uma consulta para a aquisição e arrendamento de imóveis destinados a habitação pública, adquiriu, em Loulé, 8 lotes de terreno para a implantação de 128 focos habitacionais para arrendamento apoiado e acessível, assim como imóveis no centro histórico de Loulé para reabilitação destinados a este programa de habitação.

A Autarquia tem igualmente objetivos e projetos para vários pontos do concelho com vista a solucionar os problemas habitacionais dos seus munícipes, nomeadamente em Almancil, Quarteira, Boliqueime, Ameixial, Alte, Salir ou União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim. Numa das próxima reuniões camarárias será lançado o concurso público para a construção de 17 fogos no âmbito do projeto de moradias unifamiliares em Salir para renda apoiada e acessível. Já na cidade de Loulé, destaca-se a reabilitação do Bairro Municipal Frederico Ulrich (antigo bairro operário), composto por 48 fogos.

“Dentro de um ano, aproximadamente, estaremos a realojar as primeiras famílias”, assegurou o autarca louletano. Vítor Aleixo manifestou ainda a sua satisfação na celebração de um protocolo que garantirá a realização de uma das linhas estratégicas da política municipal. “Estar aqui hoje a assinar este acordo de colaboração com o IHRU para garantir 320 soluções habitacionais a quase 1000 dos nossos concidadãos é razão que justifica por si só, por que vale a pena estar na política para servir os que precisam de nós e das políticas que praticamos”, salientou.

Já o Ministro que tutela a Habitação elogiou o trabalho realizado pelo Município, considerando que “a Câmara de Loulé foi muito para lá daquela que era a política pública enquadrada no ‘1º Direito’”, “O trabalho que fizeram foi excelente do ponto de vista de estudo do mercado, da procura, do envolvimento da população, olhar para lá do próprio concelho. Loulé fez um trabalho extraordinário que gostávamos que servisse de exemplo para o país e também para o Algarve, a região mais afetada em termos de habitação, a par da zona metropolitana de Lisboa”.

Pedro Nuno Santos sublinhou ainda que a promoção da habitação trará igualmente outros efeitos positivos na região, como o reativar da atividade económica, a criação de emprego, melhores condições para a coesão social e territorial e tornará o Algarve mais atrativo e com maior capacidade para fixar população.

Numa altura em que o Algarve é uma das regiões mais atingidas pela crise económica em que o país mergulhou desde o início da pandemia, devido sobretudo à quebra no turismo, o Primeiro-Ministro anunciou em Loulé o reforço dos apoios financeiros à região. “O Algarve vai dispor de mais 500 milhões de euros daquilo que tem sido nos últimos anos o recurso a 300 milhões de fundos comunitários, para executar ao longo de sete anos. Sem excluir a oportunidade que as autarquias e empresas do Algarve têm de aceder a outros programas específicos”, disse ainda António Costa, que assumiu igualmente o compromisso do Governo “com algumas necessidades estruturais da região” como a eletrificação da linha do Algarve, o projeto do novo Hospital Central e uma nova revisão do tarifário das portagens da Via do Infante.

GAP da CM LouléAcordoHabitacaoLoule5AcordoHabitacaoLoule4AcordoHabitacaoLoule3AcordoHabitacaoLoule1

  • Parque solar de 17,4 MWp, com um total de 39.564 painéis, entra em construção ainda este ano e estará operacional em 2021, ocupando uma área de 28 hectares, em Paderne, concelho de Albufeira;
  • Capacidade de produção anual de 29.6 GWh de energia elétrica permitirá abastecer mais de oito mil habitações e evitar a emissão de 9.620 toneladas de CO2 por ano.
  • Projeto adquirido às empresas Azimuth Molecule e Cardinal Flexível beneficia de um contrato de compra de energia pelo prazo de dez anos.

A NextEnergy Capital, empresa de gestão de investimentos e ativos no setor das energias renováveis, através do fundo NextPower III, anuncia a sua primeira operação em Portugal, com a aquisição da Central Fotovoltaica de Paderne, no concelho de Albufeira, num investimento de 18 milhões de euros.

O projeto foi divulgado nesta sexta-feira, com o lançamento da primeira pedra no terreno onde será construída a futura central, e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo.

Os trabalhos de construção arrancam ainda este ano e contemplam a instalação de 39.564 painéis solares, com uma potência instalada de 17,4 MWp, que ocuparão 28 hectares de área, estando o início da operação previsto para 2021. A capacidade de produção anual de 29.6 GWh de energia elétrica permitirá abastecer mais de oito mil habitações e evitar a emissão de 9.620 toneladas de CO2 por ano.

“Este investimento na Central Fotovoltaica de Paderne permite à NextEnergy reforçar a sua presença global e concretizar a primeira operação em Portugal, um País com elevado potencial de crescimento na produção de energia solar e uma aposta da empresa para futuros investimentos. Por outro lado, não menos importante, trata-se de um projeto que contribui para o desenvolvimento económico e sustentável da região do Algarve”, refere Filinto Martins, Diretor-Geral do fundo NextPower III (NextEnergy Capital).

O Presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, destaca igualmente a importância do investimento para o concelho, mas também para a região e para o País. “Temos de olhar cada vez mais para as potencialidades do nosso território, colocando-nos ao lado de investimentos como este, que constituem uma mais-valia.”

Com este projeto e dado os ativos solares operacionais e em construção, o portefólio do fundo de investimento NextPower III aumenta a sua diversificação e alcança os 335 MWp de capacidade instalada.

“A nossa estratégia de investimento baseia-se na aquisição de projetos de energia solar operacionais ou prontos para construção, em mercados de elevado crescimento como os Estados Unidos, a Índia, a América Latina e a Europa. Pelas condições de irradiação solar, a Península Ibérica é um mercado-chave para o qual temos um plano de crescimento definido, que nos permitirá fechar novos projetos de investimento até final do ano”, indica Filinto Martins.

A NextEnergy Capital é responsável pela gestão de investimentos e ativos no setor das energias renováveis, através de três veículos de investimento: dois fundos privados, NextPower III e NextPower II, e um fundo de investimento cotado, o NextEnergy Solar Fund Limited.

Para mais informação, consulte: www.nextenergycapital.com

HK StrategiesFilintoMartinsNextPower

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de ações policiais, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado. Estas ações visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

1. Detenções: 21 detidos em flagrante delito, destacando-se:

  • 11 por condução sob o efeito do álcool;
  • Três por condução sem habilitação legal;
  • Três por desobediência;
  • Dois por furto;
  • Dois por posse de arma proibida.

2. Apreensões:

  • 4,9 doses de canábis;
  • Uma dose de cocaína;
  • Uma catana;
  • Um bastão.

3. Trânsito:

Fiscalização486 infrações detetadas, destacando-se:

  • 202 por excesso de velocidade;
  • 39 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 28 relacionadas com iluminação e sinalização;
  • 18 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 18 relacionadas com tacógrafos;
  • 16 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 16 relacionadas com uso indevido de telemóvel no exercício da condução;
  • 11 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;

Sinistralidade: 23 acidentes registados, destacando-se:

  • Um ferido grave;
  • Três feridos leves.

GNR-DCRPGNR DCRP

A Caixa Geral de Depósitos oferece a todos os seus clientes, até ao final de 2020, 15% de desconto em mais de 140 unidades hoteleiras em Portugal Continental, Madeira e Açores. 

Com esta campanha a Caixa incentiva, uma vez mais, a economia nacional, dando resposta ao forte impacto que a pandemia COVID-19 está a ter em vários setores, em particular no setor do turismo e da hotelaria. 

A campanha estará em vigor até ao dia 30 de dezembro de 2020 (reserva e estadia) e é válida nas unidades de sete grupos hoteleiros a nível nacional: Grupo Hoti Hotéis, Montebelo Hotels&Resorts, Nau Hotels&Resorts, Pestana Hotel Group, PortoBay Hotels&Resorts, Sana Hotels e Vila Galé Hotéis. 

Ao todo são 142 unidades hoteleiras e pousadas, todas em território nacional (incluindo ilhas), a que os clientes da Caixa podem aceder a um preço especial. 

O desconto automático de 15% no preço do alojamento aplica-se a reservas e estadia até ao dia 30 de dezembro de 2020, para todos os clientes da Caixa, que façam a reserva nas centrais ou sites das marcas hoteleiras e que procedam ao pagamento com cartão de débito ou crédito da Caixa Geral de Depósitos, bastando inserir o código promocional CAIXA15. 

RMS CGDCGDLisboa

 

Na sequência de várias notícias que vêm sido divulgadas por diversos Órgãos de Comunicação Social sobre casos de COVID-19 na GNR do Porto, a GNR esclarece:

1. Foi determinada a abertura de um processo interno, para averiguar as circunstâncias da ocorrência;

2. O Comando da Guarda mantém como prioridade a prevenção da doença, a contenção da pandemia e a garantia da segurança de todos os militares da Guarda e dos cidadãos. Nesse sentido, para além de garantir a distribuição de equipamento de proteção individual aos militares de todo o dispositivo, está implementado um plano de contingência, ao qual são frequentemente acrescentadas medidas complementares, que prevê o cumprimento escrupuloso das medidas de preservação sanitária e conduta social em vigor, designadamente, o distanciamento social, a etiqueta respiratória, a higienização e as medidas de proteção implementadas do antecedente;

3. No Comando Territorial do Porto, à data de 22 de outubro, encontram-se 31 militares positivos (no domicílio) e 17 militares suspeitos em isolamento a aguardar resultado de teste efetuado, perfazendo desta forma um total de 46 militares na situação de quarentena. O efetivo desta Unidade da Guarda é de 1.625 militares, pelo que desta situação não resultou qualquer limitação ao cumprimento da missão da GNR;

4.  As instalações foram desinfetadas pela Unidade de Emergência, de Proteção e de Socorro (UEPS).

GNR-DCRPGNR DCRP

«Uma semana para visitar, pensar e celebrar o Sudoeste». É sob este mote que a Rota Vicentina apresenta a  Semana ID Rota Vicentina. 

Na Primavera de 2021, entre 21 e 27 de Março, o Sudoeste de Portugal irá viver o 1.o evento público promovido pela Associação, que se estende ao longo de 7 dias, de Santiago do Cacém a Lagos.

O programa será ilustrado com ofertas turísticas que propõem uma viagem original pela costa e pela serra, e também uma componente de reflexão sobre sustentabilidade com um colóquio itinerante, presencial e online.

A Rota Vicentina quer continuar a sua jornada e, num espírito de comunhão e partilha do território, convidar quem cá nasceu e quem ama esta terra a co-construir e participar neste evento.

Toda a comunidade local e parceiros do projecto estão convidados a colaborar na construção da Semana ID Rota Vicentina, que se quer de todos, para todos.

Depois da expansão da sua rede de Trilhos Pedestres e do lançamento de uma rede de Percursos para Bicicletas, a Rota Vicentina inicia agora um percurso para além das paisagens e da natureza.

De braços dados com a comunidade na promoção sustentável do património através do turismo, nasceu o ID Rota Vicentina, um projecto que propõe uma viagem pela cultura local do Sudoeste de Portugal.

A Rota Vicentina é uma Associação sem Fins Lucrativos, responsável pela gestão do projecto Rota Vicentina e ID, apoiada por uma rede de 200 empresas de diferentes sectores assim como um conjunto de agentes locais, comprometidos não só com uma oferta de alta qualidade como com a sustentabilidade da região.

Rota VicentinaSemanaCostaVicentina

A 18.ª Reunião Anual da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC) realiza-se no próximo dia 23 de outubro, sexta-feira 14h00 - 19h00, pela primeira vez em formato exclusivamente virtual. Manter uma ligação regular entre todos os profissionais que lidam com doentes com AVC é o grande objetivo deste encontro nacional. Serão debatidos temas atuais no campo da doença vascular cerebral, incluindo a análise de casos clínicos problema.

“Numa primeira parte vamos falar do futuro do tratamento do AVC”, avançou o Prof. Vítor Tedim Cruz, da Direção da SPAVC. “Como não podemos falar de tudo”, continuou, “optámos por abordar o papel da inteligência artificial na estruturação dos cuidados e processos de decisão no AVC e o futuro das estratégias para a recuperação do tecido cerebral lesado”.

Esta primeira sessão contará com a participação de um convidado internacional, o Professor Kim Mouridsen, especialista dinamarquês da Universidade de Aharus, dedicado à aplicação prática de soluções de inteligência artificial a processos de neuroimagem e decisão no AVC. “Com ele vamos poder perceber melhor como será o futuro mais próximo e quais as áreas por onde se iniciará esta transformação”, salientou o médico.

“Depois, vamos rever o diagnóstico, a classificação etiológica e a prevenção precoce do AVC. Na sessão final, vamos rever os diferentes tratamentos do AVC hemorrágico e o que pode ser determinante para melhorar o resultado final de um doente”.

A vice-presidente da SPAVC, Prof.ª Patrícia Canhão, acrescentou que “também haverá a habitual mesa de apresentação de casos clínicos “problema” para discussão e partilha de decisões, um simpósio (promovido pela Bayer) e uma sessão da iniciativa Angels em Portugal”.

Na opinião da médica neurologista “o modelo virtual permite maior número de participantes, pela facilidade do acesso à reunião e pelo desaparecimento de barreiras geográficas. É uma forma de levar a Reunião da SPAVC a outras audiências que não a conheciam ou não frequentavam, e de captar o seu interesse por esta Sociedade científica e suas atividades”. A formação dos participantes no diagnóstico, tratamento e prevenção do AVC é apontada pela especialista como a principal meta do evento, para além de “manter uma ligação regular entre todos os profissionais que lidam com doentes com AVC e que há muito se habituaram a frequentar estas reuniões da SPAVC”.

Todos os profissionais de saúde interessados em assistir à sessão poderão ainda proceder à sua inscrição, de forma gratuita, através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Nas palavras do Prof. Vítor Tedim Cruz, trata-se de “uma oportunidade de ouro, que vale todos os minutos que lhe são dedicados”.

O evento conta com o apoio da Bayer, Angels, Tecnimede e Boehringer Ingelheim.

Todos os detalhes podem ser consultados na página web do evento em https://spavc.livewebinar.pt/18spavc/

SPAVCReuniaoAnualSPAVC

A Unidade de Acção Fiscal (UAF), através do Destacamento de Acção Fiscal do Porto, ontem, dia 21 de outubro, apreendeu 26 800 cigarros de contrabando, em Gondomar.

No âmbito de uma investigação de decorria há cerca de seis meses dirigida ao combate do contrabando online de produtos sujeitos a imposto especial de consumo, os militares apuraram que o suspeito, de 37 anos, utilizava as redes sociais online para vender os cigarros sem a estampilha fiscal obrigatória por lei. No decorrer das diligências policiais, foi realizada uma busca domiciliária, da qual resultou na apreensão de 26 800 cigarros de contrabando e 17 quilos de folha de tabaco triturado.

O valor comercial do tabaco apreendido é de cerca de 9.530 euros, sendo que se tivesse sido vendido ao público teria lesado o Estado em mais de 8.080,00 euros, resultante da evasão à tributação incidente em sede de Imposto Especial Sobre o Consumo de Tabaco (IT) e IVA.

O homem foi constituído arguido e foi ainda identificada uma mulher de 36 anos. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial do Porto.

GNR-UAFGNRCigarrosGondomar

Com o apoio dos técnicos de cultura, património e turismo do Ayuntamiento de Ayamonte e das câmaras municipais de Castro Marim e Vila Real de Santo António, a empresa responsável pela execução do plano museológico, Latente Gestión Cultural, está a levar a cabo o trabalho de terreno, para conhecer em primeira mão os recursos patrimoniais que podem ser atrativos e incluídos nos percursos.

O objetivo é organizar a riqueza patrimonial da Eurocidade por eixos temáticos e roteiros interpretados, para que o visitante possa percorrer o território a partir de qualquer um dos três municípios e desfrutar dos seus atractivos, consoante a sua área de interesse. Os percursos serão concebidos de forma a promover, não só a divulgação do património histórico, mas também o meio natural e o património imaterial: os usos e costumes dos habitantes.

Entre os muitos locais visitados, a empresa destaca o grande potencial do território da Eurocidade do ponto de vista etnográfico e a importância de não perder a memória oral dos seus habitantes. Nas palavras de Davinia Román, directora da empresa responsável por esta fase: “Para além de registar espaços-chave como o Centro de Investigação do Património de Cacela Velha ou o Forte de San Sebastián em Castro Marim, visitámos as casas tradicionais e sentámos a falar com a população. No bairro de Canela de Ayamonte encontramo-nos com a família Sayago, que nos mostrou o uso da horta tradicional e a estreita relação histórica entre os marinheiros espanhóis e portugueses. Todo esse conhecimento é fundamental para ser preservado, pois representa uma das principais riquezas do território ”, concluiu Román.

Prevê-se que o plano museológico seja concluído antes do final do ano e que este inclua propostas de possíveis itinerários, uma agenda cultural e de eventos comuns, bem como actividades paralelas ao Território dos Museu.

Esta ação, está inserida no projeto Euroguadiana 2020 financiado pelos Fundos Feder através do programa Interreg VA Espanha-Portugal (POCTEP) e enquadra-se entre outras ações que promovem a coordenação e o trabalho conjunto entre os três municípios.

YMSMuseuEurocidadeGMuseuEurocidadeG1

Empresárias espanholas e portuguesas da Eurorregião (Andaluzia, Algarve e Alentejo) vão reunir-se nos próximos dias 21 e 22 de outubro, em Sevilha, no I fórum INTREPIDA plus. 

Esta iniciativa, organizada pela Fundación Tres Culturas del Mediterrâneo com o apoio do programa INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP), tem como objetivo permitir a troca de ideias, a criação de sinergias e a aprendizagem entre empresárias da Eurorregião. O programa inclui espaços para networking, experiências sobre vendas, Marketplace, Mindfulness e outras atividades. De realçar a intervenção de Ângela Lin, responsável pelo desenvolvimento de negócios da Tmall Global do grupo Alibaba, para Espanha e Portugal. De forma a garantir a segurança sanitária do evento, a participação é presencial e online. 

O I fórum INTREPIDA plus é apenas uma das atividades programadas pela Fundación Tres Culturas del Mediterrâneo para outubro, um mês com um calendário repleto de propostas que mostram, por um lado, as múltiplas afinidades e ligações entre Portugal e Espanha e, por outro, o enorme potencial das mulheres empresárias de ambos os territórios.

Com efeito, até à realização deste fórum, a Fundação Três Culturas tem uma agenda cheia de encontros INTREPIDA, como o ciclo de filmes portugueses que estreia a 6 de outubro com a exibição de A portuguesa, filme dirigido por Rita Azevedo em 2018. Durante as terças-feiras de outubro poderá desfrutar de uma seleção de curtas e longas metragens, Terra Franca e Jogo de Damas.

A música portuguesa pode ser ouvida pela voz de Irma (8 de outubro), atriz e cantora nascida em Lisboa e considerada uma figura emergente da cena musical lusa, enquanto a literatura contará com Dulce Maria Cardoso, definida como "a escritora mais importante da sua geração" (Jornal Público), que apresentará no dia 28 a sua obra mais ambiciosa, A vida normal (Tinta da China, 2018). Além disso, no dia 15 de outubro, será inaugurada a exposição Sentir a Terra, comissariada por Cristina Ataíde e com obras da artista portuguesa Graça Pereira Coutinho, que reúne diferentes formas de expressão como pintura, escultura, fotografia e instalações. Ambas encontrar-se-ão com um pequeno grupo de pessoas para uma visita guiada muito pessoal. 

Este intenso programa oferece mais dois encontros, o primeiro deles a 14 de outubro, apenas um dia antes do Dia Internacional da Mulher Rural, uma efeméride que será celebrada com um workshop sobre tingimento de lã em San Nicolás del Puerto, na serra norte de Sevilha, pela mão de Estela Ribeiro e a sua empresa de tecelagem artesanal, Ovelha Mãe. Por fim, um encontro original que permite aproximar a um mundo desconhecido para muitas pessoas: a observação do universo. Esta oportunidade única é oferecida pelo Planetário Albireo, dirigido desde Granada por Malena Sánchez, uma empresária cuja vocação para a divulgação científica a levou a lançar esta iniciativa empresarial há uma década. Este encontro conta também com a Associação Astromares, como exemplo de participação de cidadania ativa.

As atividades do novo projeto europeu, INTREPIDA plus (Internacionalização de Mulheres Empreendedoras de Espanha e Portugal para a Integração, o Desenvolvimento e as Alianças - Segunda fase) iniciaram-se no passado dia 3 de junho.  Trata-se de uma iniciativa liderada pela Fundación Tres Culturas del Mediterráneo, instituição que possui financiamento europeu do programa INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP) e que constitui a continuação e a melhoria do projeto INTREPIDA, que ainda continua em vigor.

A Fundación Tres Culturas del Mediterráneo é a principal beneficiária do projeto INTREPIDA plus, juntamente com os seguintes parceiros de Espanha e Portugal: Diputación de Huelva, Mancomunidad Desarrollo Condado de Huelva, Núcleo de Empresários da Região de Portalegre (NERPOR), Núcleo Empresarial da Região de Évora (NERE) e do Município de Faro. O projeto INTREPIDA plus tem financiamento europeu do programa INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP). 

Estúdio ComunicaçãoEncontroSevilha1EncontroSevilha

 

Esta cerimónia encerra uma intensa semana de atividades que tiveram como tema central promover a acessibilidade e mobilidade no território.

No âmbito das celebrações do Dia da Cooperação Europeia (ECday), a Eurocidade do Guadiana realizou uma cerimónia simbólica de plantação de árvores autóctones junto ao rio Guadiana. As árvores escolhidas foram três oliveiras, que simbolizam a paz e união dos três municípios, foram plantadas no jardim frente ao ferry que liga as duas margens do rio, próximo à antiga alfândega.

Desta forma a área, que em outros tempos serviu de intercâmbio comercial e fronteira fluvial entre países, agora simboliza um ponto de forte conexão e colaboração, enraizada para continuar caminhando juntos como um território cada vez mais unido e próspero.

A cerimónia, inicialmente aberta ao público, foi realizada em forma restrita por razões de prevenção sanitária, estando presentes membros das três cámara municipais,  representantes do projeto EuroGuadiana 2020 e a comunicação social. 

Nas palavras de Remedios Sanchez, vereadora de Eurocidade do Ayuntamiento de Ayamonte: “Comemoramos o Dia da Cooperação Europeia com este ato para que fique constatado a contínua colaboração, compreensão e bom trabalho entre os três municípios, que desde a criação da Eurocidade do Guadiana é ainda mais palpável”.

Por sua vez, Victor Rosa, vereador da área do Ambiente da Câmara de Castro Marim disse “estas oliveiras, símbolos da paz, ainda são pequenas e, tal como à Eurocidade, vamos apoiar para que continuem a crescer, a fortalecer-se e a dar muitos e bons frutos”.

Para encerrar a cerimónia, Luís Romão, diretor da Eurocidade do Guadiana e vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António concluiu “conforme indicado na placa comemorativa, a partir de certo ponto, não há retorno. A nossa colaboração e o trabalho conjunto só podem continuar e melhorar cada vez mais”.

A fronteira entre Espanha e Portugal, a maior e mais antiga da União Europeia, é uma das áreas em que a cooperação europeia intervém para promover coesão territorial e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos transfronteiriços.

A Eurocidade do Guadiana recebe apoio europeu através dos Fundos FEDER, especificamente o Programa Interreg, que também comemora 30 anos a funcionar. 

As celebrações em torno do Dia da Cooperação Europeia (21 de setembro) estão a ser realizados paralelamente em inúmeras cidades da União, com esta cerimónia a Eurocidade do Guadiana encerra uma semana de intensa atividade que teve o turismo acessível e inclusivo como tema central.

YMSArvoresEurocidade1ArvoresEurocidade3

 

O Ministro do Ambiente e da Ação Climática, da República Portuguesa, e o Ministro dos Assuntos Económicos e da Política Climática, dos Países Baixos, assinaram, hoje, 23 de setembro, um Memorando de Entendimento para afirmar a sua intenção de ligar os planos de hidrogénio de Portugal e dos Países Baixos para 2030. O memorando prevê o desenvolvimento de uma cadeia de valor estratégica de exportação-importação, garantindo a produção e o transporte de hidrogénio verde de Portugal para os Países Baixos e o seu hinterland, através dos portos de Sines e de Roterdão.

Portugal e os Países Baixos reforçam, assim, a cooperação bilateral no domínio da energia. Os dois países comprometem-se em dar mais um passo na sua ambição de contribuir para o desenvolvimento do hidrogénio verde na Europa, isto é, de hidrogénio obtido a partir de fontes renováveis. 

Esta cooperação reforçada visa contribuir para os objetivos climáticos da UE, combinando competitividade e sustentabilidade com um forte compromisso político na criação de um verdadeiro mercado internacional do hidrogénio, com regras de mercado que tornem a exportação de hidrogénio uma realidade.

Portugal e os Países Baixos reconhecem a importância crescente que os gases renováveis, em particular o hidrogénio verde, irão desempenhar na descarbonização da Europa. Por conseguinte, ambos os países promoverão e incentivarão a cooperação institucional, para ajudar a desenvolver cadeias de abastecimento para a exportação de hidrogénio verde.  Um primeiro passo será dado unindo esforços para um Important Project of Common European Interest (IPCEI) para o hidrogénio, para o qual os projetos relativos à exportação de hidrogénio verde têm um sério potencial, o que inclui a colaboração relacionada com o projeto âncora de Sines e as atividades no Porto de Roterdão.

Esta parceria com os Países Baixos reforça os compromissos existentes na Estratégia Nacional do Hidrogénio e a vontade de promover uma política industrial baseada em políticas e estratégias públicas que possam ajudar a mobilizar e orientar o investimento público e privado em projetos de hidrogénio, criando assim oportunidades para as empresas e para a indústria.

MAACMinistroAcaoClimatica

A equipa da Eurocidade do Guadiana, composta por técnicos e representantes políticos de Ayamonte, Vila Real de Santo António e Castro Marim, visitou a réplica da Nau Victoria, atracada no Cais de Ayamonte em frente à sede da Eurocidade.

No âmbito das comemorações do Dia Europeu da Cooperação, esta actividade de carácter histórico e cultural quis homenagear o navio que entre 1519 e 1522 deu a primeira volta ao mundo naquela que é considerada uma das maiores façanhas marítimas de todos os tempos.

Nas palavras de Luís Romão, Director da Eurocidade do Guadiana: “Embora não possamos falar que a primeira volta ao mundo fosse uma ação de cooperação, pois é um termo moderno, sim podemos dizer que foi uma soma de forças internacionais: marinheiros castelhanos e portugueses, mas também Italianos, franceses e gregos que fizeram parte desta aventura liderada por Magalhães e finalizada por Elcano. Esta soma de esforços e a superação de obstáculos comuns para um propósito maior, é também o que procuram os três municípios que integram a Eurocidade do Guadiana. Por isso este navio, que hoje navega o nosso rio Guadiana, e o facto histórico que representa, parece-nos o cenário ideal para dar início às comemorações do Dia Europeu da Cooperação”.

Por sua vez, Remedios Sánchez, vereadora de Eurocidade no Ayuntamiento de Ayamonte, acrescentou: “promover a cooperação entre os municípios e a coesão do nosso território é o objetivo principal da nossa Eurocidade. As celebrações deste ano estarão centradas na promoção do nosso território como um destino acessível, especialmente no que diz respeito ao turismo. Lembramos que nos próximos dias 21 e 23 de setembro teremos dois webinars gratuitos para todas as pessoas ligadas ao setor turístico que desejem oferecer serviços mais acessíveis. Também empresas ligadas à navegação, turismo náutico, guias turísticos, etc., são convidados a participar, um destino turístico acessível se constrói entre todos”.

A equipa da Eurocidade deu continuidade ao acto através da visita à nau, a qual oferece um contexto histórico e social da época, bem como a troca impressões com a tripulação, autênticos velejadores que vivem como se fazia há 500 anos atrás. A Nau Victoria ficará no porto de Ayamonte e pode ser visitada até o próximo domingo, 20 de setembro.

YMSNauVictoria1NauVictoria3

A Eurocidade do Guadiana apresentou a agenda das comemorações do Dia Europeu da Cooperação (EC Day) centrada na promoção do seu território como destino turístico acessível.

O Dia da Cooperação Europeia, também conhecido como EC Day, é celebrado todos os anos no dia 21 de setembro nas instituições europeias para comemorar as realizações da cooperação e política de coesão europeias. A Eurocidade do Guadiana, enquanto Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial constituído pelos municípios de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António, junta-se a esta comemoração com uma completa agenda de atividades que se realizará entre os dias 18 e 25 de setembro.

O eixo principal das celebrações terá como objetivo promover a acessibilidade no território: que os espaços públicos e privados possam ser usufruídos por todas as pessoas, incluindo as que têm necessidades especiais. Para o efeito, serão realizados dois webinars (seminários web), conduzidos pelas duas principais entidades ibéricas do sector: PREDIF e Accessible Portugal, nos dias 21 de setembro (em espanhol) e 23 de setembro (em português), entre outras atividades.

Nas palavras de Luís Romão, director da Eurociudad del Guadiana “como Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial aderimos a esta celebração europeia, recordando todo o caminho que percorremos juntos e os benefícios desta união para os três municípios. Oferecer serviços turísticos acessíveis é uma questão de responsabilidade social, mas também uma oportunidade de negócio que não podemos perder. Queremos que todos os nossos hoteleiros estejam formados e disponiveís para melhorar os seus serviços ”.

Por sua vez, Remedios Sanchez Rubiales, Vereadora de Educação, Cultura e Eurocidade no Ayuntamiento de Ayamonte acrescentou: “um destino acessível é construído por todos nós, não só a administração pública, mas também precisamos das empresas e dos cidadãos para aderirem ao desafio da acessibilidade. Estes webinars vão permitir que os estabelecimentos sejam incluídos gratuitamente na aplicação Tur4all, conhecida como Tripadvisor da Acessibilidade, e isso beneficia não só os seus próprios negócios, mas o destino como um todo ”.

As empresas que, após a realização do webinar, cumpram os requisitos estabelecidos, poderão receber gratuitamente, uma distinção de acessibilidade certificado pelas entidades Predif e Accesible Portugal. O link para a inscrição está disponível nas redes sociais do projeto Euroguadiana em facebook, twitter e instagram.

YMSDayEurociudad1DayEurociudad2DayEurociudad3DayEurociudad4

 

 

Após uma ausência de 24 anos, a Fórmula 1 regressa hoje a Portugal com o Grande Prémio de Portugal, no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão. O  maior casino online português - SOLVERDE.PT - quer partilhar consigo qual a estimativa da plataforma para o muito esperado Grande Prémio de Portugal.

O favorito a 'Vencedor do Grande Prémio' é Lewis Hamilton (Mercedes), que lidera o campeonato e que, se ganhar esta edição, pode ultrapassar o recorde de Michael Schumacher. Segundo as odds, em percentagem, Lewis Hamilton tem 71% de probabilidade de vencer, mais do triplo que qualquer adversário. Em segundo está o companheiro de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas (Mercedes), com 22% e depois, no terceiro lugar, Max Verstappen (Red Bull Racing), com 18%.

Segundo as odds disponíveis na plataforma, o pódio promete ser disputado. Se Lewis Hamilton ainda é o mais provável de terminar no pódio, com 90%, Valtteri Bottas (83%) e Max Verstappen (73%), também esperam assegurar o seu lugar entre os melhores. Já quanto à volta mais rápida, a aposta mais segura é na velocidade de Lewis Hamilton, com 47% de probabilidade de ser o mais veloz, seguido de Valtteri Bottas (33%) e Max Verstappen (27%).

CorpcomHamiltonFormula1

 

Está praticamente concluída a construção do novo Centro de Formação Desportiva da Fuseta, uma infraestrutura dedicada ao desporto escolar olhanense, na vertente dos desportos náuticos, que ficará à disposição de todos os alunos do concelho, mas, também, de todo o Algarve, e do resto do país.

“O repto para a criação desta nova valência do desporto escolar partiu do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Fernandes Lopes, a quem compete a sua gestão. Nós acedemos imediatamente a colaborar na concretização deste sonho, ou não fôssemos um concelho onde as atividades desportivas viradas para o mar e para a ria são rainhas”, explica o vereador da Educação, Desporto e Tempos Livres, António Camacho, acrescentando que “o desporto escolar é, por todos os motivos, uma prioridade deste executivo, no que diz respeito à educação dos nossos jovens”.

O Município assumiu a construção deste equipamento, um projeto que rondou os 30 mil euros e se encontra localizado junto à ria, em frente ao Parque de Campismo.

Para além da construção do Centro de Formação Desportiva da Fuseta, a autarquia celebrou com o Agrupamento um contrato-programa de desenvolvimento desportivo no valor de 5 mil euros, que permitiu a aquisição de caiaques.

Para além de espaço para arrumação dos equipamentos, o Centro dispõe de instalações sanitárias, vestiários e duches, de forma a proporcionar aos alunos do concelho condições ótimas para a prática das modalidades náuticas, no cenário privilegiado da ria Formosa.

Mun de Olhão

DesportoOlhao

 

Em contagem decrescente para a corrida de 25 de outubro a contar para o Mundial de Fórmula 1, que se vai disputar no Autódromo Internacional do Algarve, a cidade de Portimão veste-se ao longo desta semana com as cores dos desportos motorizados, tendo preparado um programa de animação inspirado nas competições de alta velocidade.

Sob o lema "Portimão Motor Sports", o programa pretende ser um conceito e uma marca que afirma a cidade como a anfitriã do Autódromo Internacional do Algarve, e que se embeleza para receber de braços abertos os grandes fãs dos desportos motorizados, fazendo questão de mostrar a sua identidade, do património à cultura, sem esquecer a gastronomia.

Saiba tudo aqui.

Mun PortimãoFormula1Portimao

A Câmara Municipal de Loulé vai, hoje no final da tarde, colocar simbolicamente uma camisola rosa na estátua “O Ciclista”, em Loulé, como forma de expressar o seu apoio moral ao ciclista João Almeida que participa no Giro d’Italia, com uma prestação nunca antes alcançada por um português nesta prova.

Numa terra com forte tradição na modalidade de ciclismo, a comunidade louletana quer assim transmitir, na reta final do troféu, uma mensagem de incentivo a este jovem que tem sido uma revelação nesta edição da Volta à Itália, protagonizando momentos que têm feito vibrar todo o País. 

Com apenas 22 anos, João Almeida enverga, desde a terceira etapa do Giro, a camisola rosa de líder. A última vez que um português alcançou tal feito foi em 1989, altura em que o corredor Acácio da Silva conseguiu ser o primeiro a cortar a meta numa das etapas do troféu italiano. É também o atual líder da classificação da Juventude (camisola branca).

O jovem corredor, natural das Caldas da Rainha, igualou o belga Eddy Merckx no número de dias seguidos com a camisola rosa vestida, o que abre boas perspetivas para uma vitória ao serviço da Deceuninck-QuickStep.

Já em 2018, o corredor se tinha destacado em território transalpino, conquistando o segundo lugar no Giro d’Italia Esperanças. Em 2019, sagrou-se Campeão de Portugal em Estrada – Esperanças e Campeão de Portugal de Contrarrelógio – Esperanças. 

Recorde-se que, em 2016, João Almeida participou na Volta ao Concelho de Loulé em Juniores, no seu segundo ano de júnior integrado na equipa da Bairrada, tendo conquistado o 2º lugar da geral e a camisola azul, sangrando-se o rei da montanha. Este ano foi o 9º classificado na Volta ao Algarve

“Os louletanos são desde sempre amantes e apoiantes fervorosos do ciclismo. Não poderíamos ficar indiferentes à prestação deste jovem numa das mais importantes provas velocipédicas em todo o mundo. Queremos desta forma assinalar este momento e manifestar publicamente o nosso apoio ao João Almeida, um atleta que, mais do que uma promessa, é já uma certeza no futuro da modalidade em Portugal”, considera o autarca de Loulé, Vítor Aleixo.

GAP da CM LouléJoaoAlmeidaCiclista

"Formula 1 Heineken Grande Prémio de Portugal 2020" e o "Grande Prémio Meo de Portugal (Moto GP)" apresentam-se com um desafio aliciante para a nossa cidade de Portimão!

Para potenciar o efeito destes eventos criamos o Portimão MotorSports, que, mais do que um conjunto de eventos de animação, pretende ser uma marca que afirma Portimão como a cidade do Autódromo Internacional do Algarve e como uma terra de braços abertos para receber os grandes fãs dos desportos motorizados, que se embeleza para receber quem chega e faz questão de mostrar a sua identidade: património, cultura, gastronomia.

No âmbito do Portimão Motorsports, de 16 a 25 de outubro e de 13 a 22 de novembro, desenvolveremos um conjunto de ações de animação e decoração da cidade, convidando os espectadores a conciliar a assistência às competições com uma visita à nossa cidade.

Fiquem atentos e brevemente descubram tudo em www.portimaomotorsports.pt

Mas informação aqui.

Mun de PortimãoMotorSportsPortimao

Com o regresso da Formula 1® a Portugal, a cerveja Heineken®, patrocinadora principal do Grande Prémio de Portugal 2020, que se realiza no Autódromo Internacional do Algarve, entre os dias 23 e 25 de Outubro, pediu a David Coulthard para conduzir o tão desejado troféu oficial até ao nosso país.

Um regresso simbólico para o lendário piloto, embaixador Heineken® para a Formula 1®, que em 1995 venceu no Estoril, com as cores da Williams-Renault, o primeiro Grande Prémio de Formula 1® da sua carreira.

À chegada a Lisboa, David Coulthard, habituado às grandes pistas internacionais, não teve dúvidas em eleger o típico elétrico da Carris como o meio de transporte ideal para entregar o troféu no SUD Lisboa, onde Heineken® celebrou esta segunda-feira o regresso da maior festa do automobilismo mundial, 24 anos depois da última corrida realizada em território nacional, no Autódromo Fernanda Pires da Silva - Circuito do Estoril.

O emblemático Pedro Lamy, o primeiro português a registar um ponto no Campeonato Mundial de Formula 1® (Grande Prémio da Austrália), e João Carlos Costa, experiente jornalista especializado na área do automobilismo e já uma voz conhecida dos amantes do desporto automóvel, foram duas das principais personalidades da área a marcarem presença nesta ‘grelha de partida’ promovida pela cerveja Heineken®.

Do lado social, também o apresentador Ruben Rua, assim como os atores José Mata e Bárbara Lourenço não faltaram à chamada, enquanto embaixadores da cerveja Heineken®, num evento em que o ator Ricardo Pereira e a mulher, Francisca Pereira, também se mostraram entusiasmados com o warm-up para a prova.

O ponto alto da noite ficou nas mãos de David Coulthard, que apresentou o tão aguardado troféu oficial a todos os presentes, dando assim o sinal de partida para o FORMULA 1 HEINEKEN GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL 2020. Já com luz verde, assinalando que está tudo a postos para a grande corrida, a cerveja Heineken® convida agora os consumidores e fãs de longa data da F1, bem como os novos adeptos e todos os portugueses, a viverem a emoção desta corrida na companhia de uma cerveja Heineken®.

MPRFormula1TrofeuOficialFormula1CampanhaFormula1Campanha1

 

 

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB